7 erros que cometemos ao comprar uma lingerie

postado em: 10 de novembro de 2015

Quer acertar na hora de comprar roupa íntima? Então confira 7 erros que cometemos ao comprar lingerie!

 

 


Comprar um tamanho menor


Esse é um dos maiores erros cometidos pela maioria das pessoas. Sabe quando a gente não quer reconhecer que engordou um pouquinho e continua comprando roupa e lingerie no tamanho antigo?

O problema da lingerie é que ela fica apertada e marca o corpo, deixando às vezes até mesmo marcas no corpo, o que não é nem um pouco confortável.

Assuma o seu tamanho real e comece a comprar de maneira certa, porque sutiãs e calcinhas não podem apertar!

 

 

Comprar um tamanho maior


O inverso também costuma acontecer. Algumas mulheres emagrecem e continuam com a cabeça nas medidas grandes.

Calcinha e sutiã maiores que o necessário podem não marcar o corpo, mas ficam aparente na roupa, o que é muito feio!

Se esse é o seu caso, busque se medir e descobrir suas novas medidas.

 

 

 

Comprar somente algumas cores


Comprar somente cores básicas é uma tendência entre nós, porque a gente acaba usando mais mesmo, no dia a dia, com roupas claras, em ambiente mais formal. Mas às vezes nos esquecemos de que é bom ter alguns modelinhos coloridos, estampados, mais sensuais, enfim, para todas as ocasiões.

Ah! Comprar só lingerie para momentos especiais também pode deixar você na mão, afinal, a gente passa muito mais tempo resolvendo problemas, na rua, correndo de um lado para o outro, trabalhando bastante, cuidando dos filhos. Precisamos de lingerie confortável e básica, não é?

Comprar body e camisola sem levar em conta o tamanho dos seios


Muitas mulheres compram bodys e camisolas de bojo do tamanho das roupas que normalmente veste. Isso não dá certo. Essas peças devem ser compradas com base no tamanho do sutiã, por uma razão óbvia. Se não servir nos seios, não ficará bem no corpo.

Por exemplo: Se você veste roupas tamanho 42, mas o sutiã é 44, compre essas lingeries no tamanho 44, ainda que fique mais larguinhas no corpo. Modelar os seios é prioridade neste caso.

Não saber qual é o seu tamanho


Há uma pesquisa nos EUA mostrando que 80% das mulheres usam lingerie do tamanho errado.

Verdade ou não, o importante é que a mulher saiba exatamente as suas medidas de seio, tórax, cintura e quadril para acertar no tamanho. Assim, as chances de errar diminuem muito

Não observar as tabelas de medidas das marcas

Com as suas medidas em mãos, caso esteja comprando em uma loja virtual (grande tendência), é só procurar a tabela de medidas da marca desejada. Normalmente ela fica na mesma página do produto que você está pesquisando.

Não tem erro! É só olhar as correspondências e acertar na escolha!

 

 

 

Escolher um modelo que não fica bem em você


Às vezes a gente não tem noção de que alguns modelos não combinam com o nosso corpo e que outros são mais adequados, valorizam o que a gente tem de melhor.

Um exemplo: Se você tem quadril largo, deve evitar a calcinha string, aquela com tirinhas nas laterais. Isso porque as laterais vão marcar o quadril e dividi-lo ao meio, causando um efeito um pouco feio, comprometendo o seu look inteiro.

 

 

Conhecer o próprio corpo e buscar descobrir o que lhe favorece é parte do caminho andado para acertar na hora das compras!

 

 

 

 

 

todos os direitos reservados | 2015